Artigos

Como exercer a veterinária nos Estados Unidos?

Dúvida muito frequente em todos os estudantes e médicos veterinários é: como posso exercer a profissão nos Estados Unidos? Assim como no Brasil, para um estudante com diploma estrangeiro atuar é necessário fazer uma prova de certificação, que vou explicar neste artigo. Todas as informações contidas aqui eu retirei do site da American Veterinary Medical Association (AVMA), nesse link.

Visto

Se você não é um cidadão norte americano (EUA), você precisa de um visto para trabalhar nos Estados Unidos. O Departamento de Estado dos Estados Unidos fornece informações sobre os tipos de visto permitidos.

O visto não te fornece garantia de trabalho como veterinário nos EUA e também não te qualifica para atuar como veterinário nos Estados Unidos.

Graduação em Medicina Veterinária ou equivalente

Para trabalhar como veterinário nos Estados Unidos você precisa ter:

  1. Graduação em escola acreditada pelo Conselho de Educação (COE) da American Veterinary Medical Association (AVMA). Você pode ver uma lista das escolas aceitas aqui, ou
  2. Completar com sucesso um programa educacional de equivalência de certificação, como o administrado pela Educational Comission for Foreign Veterinary Graduates (ECFVG).

O ECFVG é aceito por todos os conselhos estaduais, total ou parcial, como pré-requisito educacional de cada estado para o licenciamento veterinário. Se você tiver mais dúvidas referentes à certificação de equivalência, por favor entre em contato com o ECFVG.

Exame de licença veterinária

Após você se graduar em uma escola de veterinária acreditada pelo COE, ou conseguir o ECFVG ou outra equivalência concedida pelos estados se você se formou em uma das faculdades listadas, mas não acreditadas, você também precisará completar todos os requisitos estaduais para a licença. Isso inclui passar no exame nacional de licença administrado pelo National Board of Veterinary Medical Examiners, assim como qualquer outra exigência específica dos estados.

Licença veterinária estadual

Para trabalhar como médico veterinário nos Estados Unidos você precisará de uma licença estadual para cada estado em que atuar – isso é um adicional ao seu grau como médico veterinário ou certificado de equivalência educacional. Cada estado tem suas diferentes regras e pré-requisitos para a licença. Para mais informações sobre as licenças estaduais, por favor consulte os conteúdos disponíveis no site da AVMA ou no site da American Association of Veterinary State Board.

Procurando um estágio, residência ou programa de graduação

Médicos veterinários estrangeiros poderão aplicar para estágios e residências pelo Veterinary Internship & Residency Matching Program. Cabe ao requerente entrar em contato com a escola de veterinária de interesse para verificar os requisitos de licença e exames para programas de estágio ou residência. Cabe ao requerente também verificar se existem requisitos de imigração, visto ou licenciamento estadual que impeçam a participação em um programa de estágio ou residência.


Ainda tem dúvidas?

Sim, o processo é trabalhoso e caro. Segundo informações deste artigo (que explica bem sobre o processo), a certificação pelo ECFVG para escolas não acreditadas (nenhuma escola brasileira é) custa milhares de dólares (não especifica quanto) e leva pelo menos um ano, além de que é necessário realizar prova de proficiência em inglês. Outra possibilidade seria começar a trabalhar como técnico veterinário, já que a desigualdade nos Estados Unidos é bem menor que aqui nas terras tupiniquins.

Se você é veterinário e trabalha nos EUA ou conhece alguém que trabalhe, por favor, entre em contato conosco. Gostaríamos muito de fazer uma entrevista!

Outros links que podem ajudar:

Previous Article
Criou o Vet da Deprê em 2011, quando ainda estava na faculdade. Hoje é Mestrando em Ciência Animal pela Universidade Estadual de Londrina. Gosta muito de marketing digital, é cachorreiro nato e não dispensa um bom livro. Instagram: @lgcorsi