Palestra sobre Felinos e bate-papo sobre residência – VeteduKa Talk #01

Há algumas semanas atrás tive a oportunidade de participar de uma experiência muito legal: o VeteduKa Talk! A VeteduKa, que é uma empresa especializada em educação na veterinária, de Curitiba, me convidou para um bate papo muito legal sobre a residência na medicina veterinária. De quebra, ainda assistimos uma palestra incrível da veterinária Carolina Trochmann, com o tema “Obesidade felina: uma morte lenta e silenciosa que deve ser evitada!”.

E adivinha o melhor? Gravamos tudo para vocês! Foi uma experiência muito incrível e espero que todos vocês gostem. Se gostarem, não esqueçam de ir lá na página da VeteduKa e pedir por mais encontros destes! E gente, vou ser sincero, não entendo bulhufas de gatos e nem é muito minha praia, mas confesso que a palestra da Carolina foi a melhor aula de felins que eu já vi. Para quem gosta, é um prato cheio! Os vídeos estão ali embaixo ;).


Espero que tenham gostado! Sugestões para próximos encontros são sempre bem vindas aqui nos comentários e lá na página da VeteduKa! 🙂

Onco in Rio

Galera, é com muito prazer que convidamos todos os nossos leitores para o Onco in Rio, evento internacional sobre oncologia veterinária, que contará com diversos palestrantes de renome!

O congresso acontecerá nos dias 30 de setembro e 01 de outubro, no Rio de Janeiro. A programação está incrível, a participação vale muito a pena! O próprio Edgard estará lá, representando o Vet da Deprê, :).

Faça sua inscrição e veja a programação completa no site oncoinrio.com.br.

Vamos com cautela

Quando Alexander Fleming, em 1929, descobriu a penicilina – o primeiro antibiótico – em uma placa de cultura contaminada pelo fungo Penicillium notatum, iniciaram-se estudos e pesquisas sobre quimioterapia para o combate de infecções respiratórias, cutâneas, septicemias, entre muitas outras. Essa descoberta ajudou a dar continuidade a espécie humana. Imagine um mundo sem antibiótico, onde estaríamos agora?

Read more

Diário de um estudante de veterinária #2

Em julho do ano passado, eu decidi que tomaria um rumo na minha faculdade, e resolvi fazer estágio no HV. Então eu ia, por duas semanas, toda feliz para o meu estagiozinho na Clinica Médica de Pequenos Animais.

Um belo dia, no período da tarde (onde eram atendidos apenas casos novos) chegou um casal. Ele, o estereótipo do fazendeiro que toda mulher um dia gostaria de casar: alto, musculoso, óculos estilo aviador, caminhonete. Ela, a típica patricinha que só estava com o cara por causa do dinheiro dele: megahair, muitas joias, corpo resultado de horas de academia. Daí você pensa que eles estavam levando um pittbull, ou um boxer, ou então um blue heeler, não é? Errado! Eles estavam levando um poodle para consulta (na ficha falava que era um sheepdog, mas se aquele animal era um sheepdog, minha vira-lata é um perfeito Pastor Alemão).

Read more