Artigos, Opinião

Quanto ganha um veterinário?

Essa, sem dúvidas, é a pergunta que eu mais recebo em nossas redes sociais. Luiz, quanto ganha um médico veterinário? Uma pergunta simples, mas com uma resposta muito… complexa.

Eu poderia vir aqui e responder para vocês que o piso salarial do médico veterinário é de R$5724,00 para uma jornada de seis horas diárias de trabalho, segundo a lei 4.950-A de 1966. Ou mesmo citar sites como a Catho, que mostra uma média salarial de R$2500,00. Também já vi alguns sindicatos colocando a média salarial entre R$3500 e R$4000,00. Se dependesse dos tutores nós viveríamos de amor. Porém, a verdade é que é extremamente difícil nós avaliarmos a medicina veterinária com base em médias salariais aleatórias.

Eu já escrevi um artigo aqui no blog sobre o mercado de trabalho em nossa profissão e também já comentei sobre a “prostituição” da veterinária neste aqui. Porém, a questão que eu gostaria de abordar hoje é referente à imensidão de possibilidades e oportunidades na medicina veterinária, que influenciam diretamente a remuneração profissional.

Iniciativa privada x Concursos públicos

Quando pensamos na parte financeira, há uma lacuna gigantesca entre a iniciativa privada e os concursos públicos. Aliás, dentro dos próprios concursos isso já é bastante evidente: enquanto já vi concursos de prefeituras pequenas oferecendo R$2500,00 para 40 horas semanais, um concurso para perito da polícia federal pode chegar a R$19 mil iniciais (no concurso de 2018 esse valor aumentou para R$21 mil, mas não houve oferta de vagas para médicos veterinários). Ano passado houve concurso para perito da polícia civil no Paraná, com inicial de R$9 mil (me arrependo até hoje por não ter tentado, haha). O próprio concurso do MAPA, sonho de consumo de boa parte dos nossos colegas de profissão, tem como salário base R$14 mil (e uma concorrência de centenas de cabeças por vaga, também).

 

 

Na iniciativa privada essa diferença é ainda mais gritante e envolve principalmente a formação e dedicação dos profissionais. É a mesma coisa que perguntássemos “quanto ganha um médico?” ou “quanto ganha um dentista”? A resposta sempre é: depende. Um cirurgião plástico pode ganhar centenas de milhares de reais, enquanto um plantonista de postinho pode ganhar menos que o nosso piso.

Veja que a pergunta principal deste artigo não faz muito sentido, visto que existem clínicas veterinárias no Brasil com faturamento desde R$15 mil reais mensais até R$ 2 milhões. Chutando baixo um lucro de 10%, temos veterinários (donos de clínica) ganhando desde R$1,5 mil a R$200 mil por mês. Acho que dá para começar a viver com R$200 mil por mês, não dá? A gente sempre brinca que veterinário passa fome em nossos memes nas redes sociais, afinal a zoeira never ends, mas ainda assim podemos afirmar que nem todo veterinário é pobre. Além disso, é importante levarmos em conta as diversas áreas de atuação profissional. Grandes, pequenos, selvagens, pets não convencionais, zootecnia, comercial, pesquisa, docência, gestão, inspeção… são tantas áreas diferentes e com remunerações diferentes que é praticamente impossível quantificar.

Isso vale para os médicos veterinários contratados também. Desde os plantonistas, que podem ganhar entre 100 a 150 reais por um plantão de 12 horas, até os especialistas que cobram R$2 mil por uma cirurgia ortopédica, a diferença é muito grande. Em todo caso, se eu posso dar uma dica para aquelas pessoas que trabalham na iniciativa privada é que se vocês querem ser bem sucedidos e garantirem uma boa aposentadoria no futuro, tenham o seu próprio negócio. Mesmo que você seja contratado ou trabalhe diretamente para uma clínica, uma tendência bem interessante é a terceirização de serviços especializados dentro das clínicas e hospitais, como laboratórios e especialidades. É aí que você poderá fazer o seu nome e pode construir o seu empreendimento.

Por último, para quem está pensando em fazer veterinária pela remuneração, acredito que você está no caminho errado. Antes de pensar na remuneração, pense se você realmente gostaria de ser um médico veterinário e se você estaria disposto a colocar todos os seus esforços em ser o melhor profissional possível. A veterinária já está saturadíssima de profissionais, mas principalmente profissionais medíocres. O mercado ainda carece de bons profissionais. Eu me formei há 5 anos e, da mesma forma que tenho colegas de turma ainda dependendo dos pais, tenho outros colegas ganhando R$15 mil. Profissionais fracassados e medíocres existem em todas as profissões. Porém, profissionais de sucesso também, inclusive na veterinária. Tenho certeza que se você trabalhar arduamente e aproveitar as oportunidades corretamente, as chances de se tornar esse profissional são grandes!

 

Previous ArticleNext Article
Luiz Guilherme Corsi
Criou o Vet da Deprê em 2011, quando ainda estava na faculdade. Hoje é Mestrando em Ciência Animal pela Universidade Estadual de Londrina. Gosta muito de marketing digital, é cachorreiro nato e não dispensa um bom livro. Instagram: @lgcorsi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *