Luiz Guilherme Corsi

Luiz Guilherme Corsi

Criou o Vet da Deprê em 2011, quando ainda estava na faculdade. Hoje é Mestrando em Ciência Animal pela Universidade Estadual de Londrina. Gosta muito de marketing digital, é cachorreiro nato e não dispensa um bom livro. Instagram: @lgcorsi

Ditados populares na versão acadêmica

  1. Amigos, amigos, bolsas à parte
  2. É melhor um artigo publicado do que dois no prelo
  3. Antes só do que mal orientado
  4. A pressa é inimiga da pesquisa-ação
  5. Recurso aprovado não se olha a fonte
  6. Diga-me qual teu grupo de pesquisa e direi quem és
  7. Para bom pesquisador meia referência basta
  8. Não adianta chorar o edital vencido
  9. Em terra de mestres quem tem doutorado é rei
  10. As capas das teses enganam
  11. A ocasião faz a comissão
  12. O laboratório do vizinho sempre é melhor equipado
  13. O protocolo é o pai de todos os vícios
  14. Antes tarde do que perder o edital
  15. As más notícias chegam via protocolo
  16. Azar no CNPq, sorte na sua faculdade
  17. Projeto fraco em editais duros tanto se envia até que é aprovado
  18. Artigos passados não movem o Lattes

Oração do Médico Veterinário

Senhor,

Perante o altar da minha consciência neste templo universal

com alma ajoelhada, venho pedir-Vos:

A força para doar meus conhecimentos profissionais de médico veterinário

em prol da salvação e do bem-estar animal.

A graça de compreender a responsabilidade e o privilégio que me é

concebido de conceber o convívio fraterno entre homens e demais espécies.

A correção de minhas atitudes

Que eu ame, socorra e alivie os animais,

nossos irmãos menores, como o faria ao ser humano.

Afastai do meu coração a cobiça e a mesquinhez.

Que eu tenha compaixão, caridade e respeito por tudo que criaste.

Amém.

100 coisas para fazer como médico veterinário antes de morrer

Há alguns dias atrás eu estava zapeando pela interwebs e caí em uma lista de 100 coisas que você deve fazer antes de morrer, com itens muito interessantes e que eu realmente gostaria de fazer antes de bater as botas. Aí eu pensei: a vida é curta, por que não criar uma lista de 100 coisas incríveis para fazer como médico veterinário? Com a ajuda dos seguidores no Instagram e Facebook, ela está aqui e quero que você diga nos comentários quantos itens você já teve a oportunidade de realizar!

  1. Atender uma torção gástrica
  2. Acompanhar um paciente oncológico até o final de sua vida
  3. Auxiliar uma cirurgia de cólica equina
  4. Participar de um mutirão de castração voluntário
  5. Ir a um congresso mundial
  6. Fazer uma apresentação oral em um congresso
  7. Palestrar para estudantes de graduação
  8. Fazer uma doação à sua universidade
  9. Participar de um projeto de extensão
  10. Visitar um grande hospital de referência
  11. Fazer estágio em um hospital ou clínica no exterior
  12. Viajar com amigos de faculdade para um curso longe
  13. Não ir ao curso e só passear
  14. Acompanhar um trabalho de parto madrugada a dentro
  15. Dormir em uma baia com o seu paciente
  16. Fazer estágio em um zoológico
  17. Acalmar um paciente estressado, sem sedação
  18. Resgatar um animal de rua
  19. Fazer um plantão de 24 horas
  20. Treinar um estagiário
  21. Publicar um artigo científico
  22. Adotar um paciente seu
  23. Desobstruir um felino
  24. Ir à COPAVET
  25. Correr na 100m x 100 roupa
  26. Ficar preso numa câmara fria
  27. Dizer não a uma olhadinha
  28. Dar uma olhadinha
  29. Odiar e ao mesmo tempo admirar um professor
  30. Perdoar uma dívida
  31. Cobrar uma dívida
  32. Reencontrar colegas da faculdade anos depois de formado
  33. Dar mamadeira a uma ninhada de 10 filhotes a cada 2 horas
  34. Acompanhar a soltura de animais de vida livre
  35. Fazer trabalho voluntário em ONGs
  36. Ficar feliz por um animal que defecou
  37. Criar um CNPJ
  38. Trabalhar voluntariamente na África
  39. Coletar uma bolsa de sangue
  40. Acompanhar uma transfusão de sangue total
  41. Chorar a morte de um paciente
  42. Contar a morte de um paciente a um tutor e chorar junto com ele
  43. Virar amigo de um tutor
  44. Participar de uma cesária
  45. Reanimar um recém nascido
  46. Correr atrás de um paciente que fugiu da clínica
  47. Fazer monitoria durante a faculdade
  48. Pregar peças nos estagiários
  49. Oferecer um estágio remunerado
  50. Realizar o diagnóstico de prenhez de uma vaca
  51. Engolir sem querer o conteúdo estomacal de um cavalo depois de ter passado a sonda
  52. Fazer um enema
  53. Receber uma diarreia no seu jaleco, após o enema
  54. Acompanhar um paciente renal crônico todos os dias
  55. Retirar miíases com uma pinça, uma por uma
  56. Ficar feliz quando um paciente resolver se alimentar depois de muito tempo em anorexia
  57. Ser chamado para emergência sábado às 22h, chegar lá e ser só um problema de pele
  58. Levar seu pet ao veterinário quando ele adoecer
  59. Um cachorro soltar a glândula adanal em você
  60. Fazer uma necrópsia e ir direto para um restaurante comer carne de panela
  61. Explicar que você é veterinário e trabalha com inspeção e não com clínica
  62. Passar em um concurso público (MAPA, oi?)
  63. Realizar uma RCP com sucesso!
  64. Coletar sêmen via manipulação digital
  65. Usar crocs durante o plantão
  66. Ficar cheirando suínos durante uma semana após uma visita à granja
  67. Levar um coice
  68. Levar uma arranhada de gato
  69. Flambar uma mesa
  70. Passar um ano novo atendendo um paciente
  71. Comer uma marmita fria no meio do pasto
  72. Fazer uma pós-graduação
  73. Comemorar e chorar no último dia de aula da graduação
  74. Casar e levar seu marido/esposa para atender junto com você
  75. Participar de um centro acadêmico
  76. Tratar um paciente com cinomose e ver ele se recuperar
  77. Encontrar uma hemácia parasitada
  78. Ficar com um(a) calouro(a)
  79. Ficar com um(a) veterano(a)
  80. Usar uma zarabatana
  81. Trabalhar em uma corrida de cavalos
  82. Trabalhar com carteira assinada
  83. Trabalhar sem carteira assinada
  84. Tratar o seu próprio pet e achar que o tratamento está errado
  85. Ajudar um pequeno produtor rural a melhorar sua qualidade de vida
  86. Estudar administração
  87. Inventar um prato vegetariano
  88. Atender uma vacina às 4h da manhã
  89. Passar mal de tanto que comeu num coffee break
  90. Participar de uma campanha de vacinação antirrábica
  91. Ouvir pelo menos uma vez “Pode fazer tudo o que precisar, dinheiro não é problema”
  92. Visitar uma produção de apicultura
  93. Argumentar com algum palestrante sobre um assunto que você domina
  94. Elogiar algum(a) veterinário(a) que você admira
  95. Passar uma estação de monta em uma fazenda
  96. Ganhar a confiança de um peão
  97. Fazer um curso de banho e tosa
  98. Discutir com algum médico
  99. Acompanhar a soltura das tartarugas no TAMAR
  100. Ser feliz sendo VETERINÁRIO(a)!

E aí, já fez o seu checklist? Quantos itens você já realizou? Conta pra gente nos comentários! Comenta também quais itens faltaram na nossa lista! 🙂